15 ENCONTRO NACIONAL DE PLANTIO DIRETO NA PALHA

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Em 1996, o Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha foi realizado em Goiânia, evento que teve uma abrangência para toda a região Centro-Oeste e, inclusive, outros estados do país, como Tocantins, Bahia, Piauí. Na época, agricultores e técnicos reuniram-se para discutir e trocar experiências sobre a adoção do Plantio Direto que apresentava diversos desafios. A erosão do solo, a dificuldade de formação de palhada, as poucas alternativas de cultivos, a deficiência de máquinas e equipamentos, figuravam entre os principais entraves ao avanço do plantio direto.

Sem título

15 ª edição do Encontro Nacional do Plantio Direto na Palha.

Após 20 anos, a FEBRAPDP se propõe a voltar a Goiás para apresentar 15º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha, em setembro de 2016 em Goiânia, com o tema: “Palha, Ambiente e Renda”. Nesse tempo, o Sistema Plantio Direto (SPD) se consolidou na região do cerrado, viabilizando a conservação do solo, a melhoria e estabilidade da produtividade com, inclusive, redução dos custos de produção. Foi com a adoção do SPD nestas condições edafoclimáticas que se difundiu, por exemplo, propostas de cobertura viva e as atividades agropecuárias integradas.

Atualmente os desafios são outros e mais complexos, como a resistência de plantas daninhas ao controle de herbicidas, novas pragas e doenças, instabilidades climáticas. Porém, da mesma forma, surgiram inovações que devem ser avaliadas, validadas e difundidas. O conceito de SPD se ampliou, e hoje se aplica em todas as atividades agropecuárias, e para os mais diferentes cultivos, como feijão, sorgo, trigo, hortaliças, cana-de-açúcar, café, pastagens.

plantio_728x90-2

Assim, os participantes dessa 15 ª edição do Encontro Nacional do Plantio Direto na Palha terão a oportunidade de atualizarem seus conhecimentos em relação a rotação de culturas, controle de invasoras resistentes, manejo de doenças do solo, controle biológico de pragas e doença como nematoides, fertilidade do solo, stress hídrico, mecanização agrícola, sistemas integrados de produção, sem perder de vista a conservação do solo e da água e as características do ambiente das lavouras para a melhoria da eficiência da produção e da renda da atividade agropecuária.

Saiba mais em: http://www.15enpdp.com.br/

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Sobre o Autor

Comentários no Facebook