Insetos na agricultura, todos eles são maléficos?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Agropro Insetos na agricultura, todos eles são maléficos

Não há como pensar em insetos na agricultura e não os relacionar com prejuízos não é mesmo? É que na grande maioria dos casos, os agricultores relacionam os insetos com as pragas que podem diminuir ou até mesmo acabar com suas plantações.

E não é à toa que os agricultores se sentem temerosos com estes pequenos seres. São inúmeros os casos em que as pragas causaram problemas aos produtores. Há exemplos, desde os tempos bíblicos, com famosas nuvens de gafanhotos.

Sim, pensando neste aspecto, os insetos na agricultura realmente são os vilões. E há muitos deles para preocupar os produtores, já que os insetos representam 75% de todos os animais presentes no mundo. É muito inseto.

Mas não são todos eles que são vilões para a agricultura. Há vários que até trazem benefícios para a produção de alimentos. Podendo até aumentá-la. Não acredita? Então vamos conhecer alguns dos insetos benéficos.

Polinizadores aumentam produtividade agrícola

Estavam pensando somente nas pragas e esqueceram dos insetos polinizadores, não é? Eles são importantes para o meio ambiente como um todo, e também para a agricultura que o integra. As abelhas estão entre os principais insetos polinizadores.

Conforme informações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), 70% das espécies agrícolas cultivadas no mundo são polinizadas por abelhas, e estas culturas representam 90% da base de alimento mundial. Pois é. Elas têm grande contribuição no campo.

O Ibama divulgou tais informações ao abrir discussão sobre os agrotóxicos utilizados na agricultura para conter determinadas pragas. A minoria dos agrotóxicos utilizados é seletivo. Eles podem exterminar os insetos na agricultura, os prejudiciais, mas junto com eles vão embora também os insetos benéficos a ela, como os polinizadores.

Promovem a reciclagem dos nutrientes

Muitos insetos atuam também no solo, aumentando o teor de matéria orgânica por meio da decomposição. Desta maneira eles realizam uma espécie de reciclagem de nutrientes, melhorando a saúde do solo para receber os cultivos. Estes incluem gêneros de insetos, como Acari, Diptera, Trichoceridae, Aranea, Calliphoridae, Silphidae e Histeridae.

Entomologia estuda benefícios dos insetos na agricultura

Falamos dos benefícios naturais de alguns insetos na agricultura, mas há outros inúmeros sendo estudados na entomologia, que é a ciência que estuda os insetos e sua relação com homens, plantas, animais e meio ambiente.

Há uma variedade de estudos sendo feitos por aí. Estudos de insetos geneticamente modificados e também de alguns já existentes, mas que poderiam contribuir nas produções agrícolas.

Quanto aos modificados, podemos exemplificar com um caso em que foi introduzido machos estéreis da mosca da fruta para conter a praga. Com o chamado controle biológico, os machos estéreis tornam inviáveis as futuras gerações da mosca da fruta.

Há ainda estudos sendo realizados com microhimenópteros. Estes, se liberados em algumas plantações interrompem o ciclo das pragas, já que se alimentam das larvas dos insetos que as acarretam. O problema ainda é a resistência de alguns agricultores, que têm dificuldades em constatar que implantando tais práticas em suas lavouras terão benefícios.

Vimos neste post que não é somente de “vilões” é composto o mundo dos insetos. Se bem “empregados” eles podem trazer inúmeros benefícios para a agricultura. Mas mesmo com os insetos benéficos, os cuidados com as pragas devem ser um processo contínuo no campo. Hoje há inúmeras práticas de manejo em desenvolvimento e sendo desenvolvidas. Analise qual é a melhor para sua cultura e a aplique para controlar os temíveis danos.

Dúvidas sobre os insetos na agricultura? Deixe o seu comentário e confira outros artigos em nosso blog!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Sobre o Autor

AgroPro

Comentários no Facebook