O que são agregados do solo?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

O desenvolvimento de técnicas na agricultura que aliem a preservação do meio ambiente com altos índices de produtividade tem sido um dos principais desafios da comunidade científica. O sistema plantio direto na palha tem se destacado como uma das principais técnicas da agricultura conservacionista, principalmente em regiões de climas tropicais e subtropicais.

Os benefícios da técnica para a preservação do solo já são bastante conhecidos pela comunidade. Vantagens como a redução do impacto das gotas de chuva pela palhada, atenuação das variações de temperatura, manutenção da umidade do solo, etc., têm sido muito difundidos por parte de técnicos e pesquisadores para os agricultores. Porém, um dos principais agentes responsáveis por esta qualidade ainda é desconhecido pela maior parte das pessoas, os chamados agregados do solo.

Plantio direto tem se destacado como uma das principais técnicas da agricultura conservacionista. Foto: João Carlos de Moraes Sá.

Plantio direto tem se destacado como uma das principais técnicas da agricultura conservacionista. Foto: João Carlos de Moraes Sá.

Mas afinal, o que são? São basicamente a união de partículas primárias do solo que se juntam através da atuação de micro-organismos do solo, exsudatos de raízes de plantas e pela própria matéria orgânica do solo (chamados agentes agregantes do solo), formando, dessa forma, pequenas estruturas responsáveis pela proteção do carbono do solo e manutenção de uma estrutura ideal para o desenvolvimento das plantas.

Agregados do solo coletados de áreas de plantio direto consolidado. Foto: João Carlos de Moraes Sá.

Agregados do solo coletados de áreas de plantio direto consolidado. Foto: João Carlos de Moraes Sá.

É importante, no entanto, não confundir os agregados com os chamados torrões, um dos principais sintomas de compactação do solo. Nos agregados, facilmente percebemos a atuação dos micro-organismos pela rugosidade na superfície, alta porosidade e pela grande presença de raízes se desenvolvendo entre eles. Os torrões por sua vez, são formados basicamente por pressão exercida pelas máquinas agrícolas, sendo opacos e sem vida.

 

Diferença entre a formação de agregados do solo pela atuação dos agentes agregantes (A) e dos torrões formados pela compactação do solo (B). Foto A: João Carlos de Moraes Sá;

Diferença entre a formação de agregados do solo pela atuação dos agentes agregantes (A) e dos torrões formados pela compactação do solo (B). Foto A: João Carlos de Moraes Sá;

A agregação, dessa forma, se tornou um dos principais indicadores de qualidade dos solos. Grande parte dos benefícios da agricultura conservacionista para a qualidade do solo (maior infiltração de água, redução da erosão, aumento de matéria orgânica, etc.) são uma consequência direta da formação dessas estruturas. Em contrapartida, os principais prejuízos ocorridos na agricultura de clima tropical causados por operações de revolvimento do solo, estão diretamente relacionados aos agregados. A sua ruptura pelo plantio convencional, leva a exposição da matéria orgânica previamente protegida em seu interior a processos de oxidação. O revolvimento, assim, conduz à perda de estoques de carbono e a processos erosivos devido a destruição da estrutura do solo responsável pela infiltração de água e penetração das raízes.

Problemas com erosão são comumente observados em áreas de plantio convencional. A ruptura dos agregados do solo pelas operações de revolvimento leva a desestruturação do solo que conduz a perda do mesmo pelas enxurradas. Foto: Iowa State University.

Problemas com erosão são comumente observados em áreas de plantio convencional. A ruptura dos agregados do solo pelas operações de revolvimento leva a desestruturação do solo que conduz a perda do mesmo pelas enxurradas. Foto: Iowa State University.

A agregação do solo, dessa forma, é um processo chave na promoção da qualidade do mesmo. Os principais benefícios da agricultura conservacionista e os principais prejuízos causados pelo plantio convencional à qualidade do solo estão diretamente ligados aos agregados. O conhecimento por parte da comunidade agrícola da importância de tais estruturas, dessa forma, é de extrema importância para a promoção e incentivo da agricultura conservacionista no país.

 

* Opiniões expressas nesse ambiente são de exclusiva responsabilidade do autor e não necessariamente representam o posicionamento da AGROPRO.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Sobre o Autor

Eng. Agrônomo e Mestre em Agricultura (Uso e Manejo do Solo) pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Trabalha na área de matéria orgânica do solo com enfoque em plantio direto e sequestro de Carbono.

Comentários no Facebook