O uso de softwares na agricultura

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Uso de Softwares na agricultura - blog agropro

Em um mundo onde já se fala de internet das coisas a nível nano, é impossível pensar uma área em que não são aplicadas as Tecnologias da Informação. Algumas barreiras impedem a evolução rápida em alguns setores, mas a maioria das áreas já conta com uma infinidade de aplicativos de softwares para otimizar os serviços. A agricultura é um dos setores que ainda apresenta certa dificuldade no uso de softwares, apesar de já contar com diversos deles, da gestão à logística dos produtos – a Associação Brasileira das Empresas de Software aponta que 2% deles são voltados à área agrícola. Um dos entraves é devido ao alcance da internet. Propriedades rurais ainda não são totalmente atendidas neste quesito.

Em algumas, nem mesmo um sinal de celular. Estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística mostrou que em 2014 pouco mais da metade da população rural utilizava o celular (52,4%). Sendo que na área urbana este percentual era de 82,3%.

 Grandes propriedades rurais conseguem contornar essa situação, implantando melhorias com amplificadores e chips para banda larga rural, por exemplo. E assim podem desfrutar dos benefícios dos softwares desenvolvidos para a área. Mas esta é a realidade de apenas uma parcela dos agricultores. A falta da tecnologia da informação atrapalha ainda a divulgação de aplicativos que beneficiariam as produções. Sem conhecimento não há mudança.

Softwares para quê?

Controle de combustíveis, transporte e logística, controle de produção, gerenciamento do plantio, sistemas automatizados de irrigação e drenagem, pesquisa operacional, inventário florestal, colheita, modelagem e otimização dos produtos e relacionamento com cooperados. Há softwares na agricultura que gerenciam todos os processos da produção. Muitas pessoas tem receio do uso de softwares, pois avaliam que vão substituir o trabalho humano. Mas o objetivo do uso deles não é esse, e sim agregar conhecimento e valor. Os softwares podem apontar caminhos, atuando como complemento. Mas as decisões finais sempre serão das pessoas envolvidas no trabalho do campo.

Soluções ambientais

Com as mudanças climáticas cada vez mais frequentes, os softwares na agricultura estão sendo muito procurados. Há aplicativos que atuam justamente nesta área, da agricultura de precisão, analisando os riscos climáticos. O software aponta os locais com melhores condições para o plantio, qual a cultura é mais adequada e qual a melhor época para o plantio, evitando exposição a riscos desnecessários. Nestes casos, imagens são bastante utilizadas. Elas podem ser aéreas, ou até mesmo terrestres, utilizando as máquinas agrícolas para captura-las.

Com estudos do solo, os impactos ambientais e desperdício de insumos serão minimizados, já que cada tipo tem suas especificidades. Além disso, o uso de insumos pode ser racional, com a utilização de softwares na agriculturaTambém podem ser utilizados os chamados sistemas automatizados de irrigação e drenagem.  Com eles, o uso da água pode ser minimizado ou racionalizado.

Maior produtividade e qualidade

Organização, controle de produção e redução de custos. Tudo isso pode ser atingido. Assim como existem propriedades dedicadas a diferentes atuações dentro do agronegócio (pecuária, grandes culturas, HF), já existem consideráveis variedades de softwares dedicados a atender cada uma delas. Não é porque a fazenda vizinha se deu bem com determinado aplicativo que a sua também irá se adequar.

Um dos problemas na produção de softwares na agricultura é quanto a padronização. As culturas não são padronizadas, nem no tamanho das propriedades e nem nas suas produções. Para cada tipo de cultura há diferentes soluções. Deve-se ficar atento quanto a essas questões para encontrar um aplicativo que seja adequado as necessidades de sua propriedade.

Exigências do mercado

Cada vez mais os consumidores estão preocupados com a procedência do alimento e dos produtos do dia a dia. Esta exigência afeta desde a produção da matéria-prima até seu destino final. Para atender a um mercado mais exigente, os produtores devem ficar antenados. A rastreabilidade de produtos se faz necessária neste novo mercado. Alguns, como leite, café e soja, por exemplo, já tem procedência e histórico exigidos no mercado de exportação.

Rede Integrada

Toda a cadeia de produção integrada. Com a utilização de softwares na agricultura é possível linkar setores com mais facilidade. Há aplicativos que ligam todos os atores da cadeia produtiva.

Mas, quanto custa?

Com tantos benefícios, os preços dos softwares na agricultura devem ser exorbitantes! Não necessariamente. Hoje há opções que são disponibilizadas gratuitamente no mercado. A Embrapa, por exemplo, oferece várias soluções. Do gerenciamento até a produção.

Com este post vimos como os softwares podem ser úteis na agricultura. Além de melhorar a qualidade e a produtividade agrícola, eles podem auxiliar a minimizar os impactos no meio ambiente. Além disso, o uso das novas tecnologias é uma tendência mundial. Logo logo tudo estará conectado. Atua na agricultura e quer se manter informado sobre todas as novidades da área? Acesse o nosso blog e aproveite para se manter atualizado.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Sobre o Autor

AgroPro

Comentários no Facebook