Plantio direto com milho: 2 coisas que você precisa colocar em prática

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Agropro Plantio direto com milho 2 coisas que você precisa colocar em prática

O sistema plantio direto tem sido apontado como uma das principais técnicas da agricultura de conservação. O sistema se iniciou na década de 1970 no Brasil e se espalhou rapidamente por todo o país, sendo atualmente utilizado desde a região sul até as áreas do Cerrado Brasileiro.

O milho tem sido uma das culturas mais importantes da agricultura brasileira. Cultivado em mais de 15 milhões de hectares por todo país, a sua produtividade tem crescido em uma média de 5% ao ano na última década. Esses consideráveis ganhos de produtividade no decorrer do tempo se deve a atuação incansável de diversos profissionais da área agrícola. As técnicas de agricultura sustentável, como plantio direto, têm contribuído significativamente para proporcionar maiores índices de produtividade dessa importante cultura.

A seguir, enfatizaremos duas técnicas para plantio direto com milho que você pode aplicar em sua lavoura para potencializar a produtividade.

Gesso agrícola potencializa o crescimento radicular do milho

Dentre as diversas culturas estudadas nas pesquisas com uso de gesso agrícola, o milho tem sido uma das que apresenta melhores respostas em função da aplicação da técnica. Principalmente em solos com o teor de alumínio elevado, o gesso agrícola tem potencializado significativamente a produção em áreas de plantio direto com milho, muito devido ao melhor crescimento radicular da planta.  O aumento do teor de cálcio, bem como a redução do alumínio em camadas mais profundas, tem sido apontado como um dos principais motivos que levam o aumento da produtividade. Através do melhor desenvolvimento radicular, a planta consegue resistir melhor a períodos de seca, além de fazer um melhor uso do nitrogênio no solo.

Calagem e adubação nitrogenada, duas técnicas essenciais para o milho

Uma técnica de extrema importância para o produtor no cultivo de milho é a adubação nitrogenada. Por requerer alta quantidade do elemento, as lavouras de milho necessitam de aplicações em cobertura para potencializar sua produção, o que gera gastos e quando aplicado em excesso pode levar à poluição de córregos e rios.

Alguns estudos demonstram que a aplicação de calcário no plantio direto com milho juntamente a adubação nitrogenada pode levar a melhor absorção de nitrato pelas raízes pela translocação de cálcio em profundidade. Uma vez que tal absorção de nitrato promove um aumento do pH radicular, a aplicação de ambas as práticas em conjunto pode ser uma eficiente estratégia para corrigir a acidez em camadas mais profundas onde o calcário tem mais dificuldade de chegar.

Como o conhecimento sobre plantio direto com milho pode te ajudar?

Como discutido em diversos artigos, o sistema plantio direto é um sistema complexo onde inúmeros fatores trabalham em conjunto levando maiores ou menores produtividades das culturas. O estudo sobre fertilidade do solo, gestão da matéria orgânica e a nutrição de plantas é essencial para todo profissional agrícola entender melhor a dinâmica desse complexo ambiente que é o solo.

O maior conhecimento sobre o plantio direto pode lhe ajudar a obter melhores resultados em sua lavoura, economizar dinheiro e proporcionar a sustentabilidade alimentar. E você, sabe mais aspectos importantes sobre o plantio direto com milho? Compartilhe suas experiências conosco!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Sobre o Autor

AgroPro

Comentários no Facebook